corrupción Brasil

José Rodrigo Rodríguez

Este texto organiza o debate público sobre corrupção no Brasil a partir de dois extremos: absolvição moral e pânico moral. Em seguida, o texto mostra como essas duas posições podem ser vistas como versões do que chamamos de “fanatismo textualista” e aponta as inconsistências e riscos dessa posição para a democracia brasileira.

https://www.academia.edu/24021514/Contra_o_Fanatismo_Textualista_Corrup%C3%A7%C3%A3o_jeitinho_brasileiro_e_estado_de_direito?auto=bookmark&campaign=weekly_digest

Anuncios